SEO On Page e O Marketing de Conteúdo, Para Seus Bons Negócios

SEO On Page e O Marketing de

Conteúdo Para Seus Bons Negócios

 

O SEO On Page não precisa de maiores comentários, pois sua importância é reconhecida por todos.

Sua importância está em ser fundamental para as pessoas que precisam de ranqueamento nos Robots de Buscas. Por isso que há a necessidade de se ter em vista o SEO em todos os momentos.

SEO on page

SEO on page, para Você brilhar aos olhos dos Motores de Buscas

Como sabido da maioria dos que exploram o Marketing, seja do tipo conhecido como de Afiliados, seja outro, o Google atribui importância na medida em que uma palavra apareça mais próxima do começo de um título.

Isto pode ser constatado ao se verificar as palavras-chave mais competitivas.

Como se poderá facilmente ver, a maior parte das páginas mais destacadas trazem suas palavras-chave mais importantes no início de seu título.

Portanto, ponha SEMPRE a palavra-chave que deseje alvejar bem no início de seu título.

Não esqueça de que desde sua URL o Google observa o assunto de sua página. Isto significa que o nome de seu Blog ou Site deve sempre estar relacionado com seu Nicho e com sua palavra-chave alvo.

Assim, Você deve alinhar

– URL

– Nicho, ou Micro Nicho

– Palavra-chave, ou Keyword

Devendo assim URL e Nicho, de preferência, conter já em seus inícios a fundamental e bem selecionada palavra-chave.

Isto nos leva a considerar a importância da coisa chamada palavra-chave, essa que deve orientar tudo o que fizermos em nossa atividade de comerciantes da Internet, essa coisa moderna e vigorosa.

Algo mais a se considerar quando estivermos elaborando nossos Artigos, ou Posts, além da clara e objetiva comunicação com nossos leitores, é o cuidado, também melindroso, com nossa relação com os Robots de Buscas.

Bem… O que estamos dizendo é que Ranqueamento é o que Importa.

Mas… Como Agradar ao Google e a outros motores de buscas?

Multimídia, seja como vídeos, imagens, gráficos, telas capturadas, contribuirão para tornar seu Artigo mais atraente, tornando o valor percebido mais elevado. No entanto, saiba que em nada contribuirão diretamente para o ranqueamento.

SEO on page, para que seu Blog ou Site seja mais popular

Outro fator que contribui para ranqueamento – Sua URL deverá sempre ter um nome curto e fácil de ser compreendido.

Evite coisas como

www.conhecimentoenciclopedicododreneas.com.br

Não seria fácil de ser memorizado. Prefira tags objetivas, como

www.afiliadosninjas.com.br

SEO on page

SEO on page, para Você brilhar aos olhos dos Motores de Buscas

Que, além de curta, é facilmente compreendida.

Quando estiver configurando seu plugin de SEO, cuide para que sua URL exiba o nome do Artigo, e apenas ele, e não coisas como data e outras informações menos importantes para o Visitante e para o Google.

Se estiver usando o plugin Yoast SEO, faça isso indo em

Painel do WordPress

– Configurações

– Links Permanentes

– Nome do Post (Selecionar)

E despreze todas as outras opções.

Outros plugins para SEO terão meios equivalentes.

As URLs curtas, que incorporam palavras-chave vigorosas, ranqueiam com igual vigor nos Motores de Buscas. Tenha isto sempre na lembrança.

O que dissemos foi que sua tag H1, correspondente ao título de Seu Artigo, merece uma atenção muito especial, devendo trazer sempre e invariavelmente sua palavra-chave alvo bem no comecinho.

Seja Ativo na Web, e use o SEO ON PAGE Sem moderação

Os Motores de Buscas gostarão mais de Você também na medida em que seja participativo. E um meio de mostrar participação está em se usar algo como 2 Links Externos de sites especialmente populares.

E quando falamos de sites populares, logo nos ocorre coisas como Wikipedia, anden.com.br e outros.

Desse modo, siga sempre algo, apareça em outros Blogs, Sites, Fóruns, e nas Redes Sociais, como o Twiter, o Facebook, o Linkedin, o Gogle+ e outros. Assim, não parecerá egoísta, pretendendo apenas acumular Pagerank para si próprio. E aqui extrapolamos o assunto da página e falamos de SEO OFF PAGE.

O Facebook é um caso especial entre as Redes Sociais, já que permite que se possua uma página – Que denomina Fanpage – onde se poderá ter ilimitada quantidade de seguidores.

As Fanpages do Facebook são ainda adequadas para vários tipos de exploração comercial, possibilitando desse modo um caso especial de Marketing, o Marketing de Rede.

Esse tipo de Marketing, muito rentável e encantador, é assunto do curso da brilhante Professora Camila Porto, que recomendamos entusiasticamente.

Postagens e Palavras-chave

A palavra-chave, ou seu sinônimo, deverá invariavelmente vir no início do título (Tag H1) e no início do Artigo. Deverá também ter peso e importância, já que o Google lhe dispensa muitíssima atenção.

SEO on page

SEO on page, para Você brilhar aos olhos dos Motores de Buscas

Também, quanto mais próxima do início, mais importância o Google lhe atribuirá. Como em

Adquira Móveis de alta qualidade para sua casa…

A palavra-chave, no caso, do tipo cauda longa, assunto de outro Post, seria o que aparece em negrito.

Na última versão do WordPress, a tag H1 é criada automaticamente e nem aparece no código-fonte do Post.

Isto pode ser verificado no código-fonte de sua página. Assim:

Painel do WordPress

– Post

– Selecione o Post cujo código-fonte deseje verificar

No cantinho superior direito da área do texto, onde por default se acha destacada a opção “Visual”, selecione “Texto”. Aparecerá o código fonte do Post, e nele

 

<h2 class=”western” align=”center”><span style=”color: #3366ff;”>Bitly para iniciar</span></h2>

&nbsp;

Bem no começo. Veja que não haverá nada acima dessas linhas destacadas aí. O código começa pela criação da tag h2 – Se Você a tiver criado, naturalmente.

A fonte de letra, o alinhamento e a cor serão as que Você tenha determinado no seu Artigo.

Não aparecendo a tag h2, crie-a. Não é muito importante para o ranqueamento, mas custará muito pouquinho criá-la:

– No painel do WordPress, siga os passos indicados anteriormente, desta vez selecionando a opção “Visual”.

– Observe os botões de configuração do Artigo no cabeçalho da área de texto. Deverá aparecer pelo menos uma linha com ícones. Se aparecerem duas, apenas prossiga. Caso contrário, clique no último ícone da direita, para que a segunda linha apareça.

– Selecione um subtítulo do texto do seu Post.

– Clicando na segunda opção da segunda linha de ícones, Parágrafo, selecione Cabeçalho 2 na janela drop down que aparecerá.

SEO on page

SEO on page, para Você brilhar aos olhos dos Motores de Buscas

Sua tag h2 estará criada. Se quiser, volte aos passos que mostramos para verificar.

Há muito mais a se considerar quando a questão é SEO On Page em suas duas formas.

Falamos das palavras-chave – Algo de fundamental importância – e das tags H1 e h2.

Voltando às Redes Sociais

Os botões de compartilhamento estão aí para serem usados e abusados quanto se queira. Não economize divulgação, apareça, seja uma presença na grande rede.

Assim, no painel do WordPress, adicione os botões de tudo de que já disponha. Se não estiver participando, participe. Seja do Facebook, do Twiter, do Google+, do Linkedin, do Tumblr ou do Path.

Participe pelo menos dos três primeiros, os mais usados no Brasil.

Procedimentos:

– Painel do WordPress

– Configurações

– Compartilhar

O resto é todo intuitivo, dispensa qualquer ensinamento.

DA IMPORTÂNCIA DOS LINKS INTERNOS

SEO on page

SEO on page, para Você brilhar aos olhos dos Motores de Buscas

Falamos da importância dos Links Externos. Falemos agora dos Links Internos, dos Seus Links para Suas Páginas, para Seus Posts, para Seus Artigos.

Cuide para que seus Artigos não sejam muito curtos, o Google privilegia os Posts que cobrem várias páginas além da primeira dobra.

Cuide também para que haja um Link Interno bem no começo de seu Post, isto reforçará a permanência do Visitante no seu Blog, reduzirá os temíveis “Cliques rápidos”, os tempos de permanência reduzidos.

Esse cliques rápidos são entendidos pelo Google como Taxa de Rejeição, ou Slash, e devem ser encarados como verdadeiro bicho papão dos Blogs, algo temerário.

De modo oposto, os “Cliques Longos” mostrarão ao Google que seu Post ou Artigo possui conteúdo de grande valor para seus Visitantes.

Agora, apenas para que Você compreenda a importância dos Links Internos, veja o exemplo contido em

https://pt.wikipedia.org/wiki/Brasil

Como deve ter notado, o site não se acanha de usar links e mais links internos. Assim, Você incluir dois ou três desses Links Internos em cada um de seus Artigos, não seria nem de longe algo cansativo para seus Visitantes.

Falamos de SEO On Page, das tags H1 e h2 e das palavras-chave. E isto servirá como introdução ao indispensável estudo desses casos de extrema importância.

Agora, com a bola no pé, o jogo é seu. Mas não esqueça de Curtir clicando nos links abaixo, e de nos recomendar, de partilhar, de enviar links e mensagens para seus conatos.

[contact-form][contact-field label=”Nome” type=”name” required=”true” /][contact-field label=”E-mail” type=”email” required=”true” /][contact-field label=”Site” type=”url” /][contact-field label=”Mensagem” type=”textarea” /][/contact-form]

Entre na lista de Usuários VIP e receba, GRÁTIS, o eBook Magic Formula Mini Sites,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *